Assinatura RSS

Perfeitamente possível.

Publicado em

E tem dias que me baixa o Rob Gordon e eu saio fazendo listas por aí. Listas são um ótimo jeito de matar o tempo. Os cinco dias mais legais da minha vida, as cinco piores ressacas, cinco caras, cinco cidades, cinco festas, cinco vezes em que não faltou ninguém.

Alta Fidelidade entraria na lista dos meus filmes preferidos e também na de melhores trilhas sonoras. E talvez o Rob Gordon seja meu personagem preferido. Bom, hoje é.

-That sounds…

-…comforting.

Rob Gordon é um loser, um cara bem medíocre, tem uma loja de discos e não parece estar muito satisfeito. Leva um toco da namorada e resolve fazer um top 5 foras que já levou na vida e vai atrás dessas cinco mulheres pra descobrir o que deu errado. Mas não é por isso que eu me identifico com ele.

É porque se trata de um cara comum, desses que eu posso encontrar amanhã sentado na casinha do Valentino. Rob Gordon não é nenhum herói. É só mais um cara largado por aí, uma pessoa perfeitamente possível de conhecer no bar, conversar por meia hora e não encontrar nunca mais.

Sei lá, é que eu prefiro as pessoas possíveis.

—–

Tava com vontade de escrever qualquer coisa e isso ficou bem qualquer coisa mesmo. I mean, uma bosta. Enfim. Amanhã tem discotecagem no Valentino. Se o Rob Gordon estiver por lá, eu converso com ele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: