Assinatura RSS

O lugar de sempre.

Publicado em

Não me lembro da primeira vez que fui àquele lugar. Minhas lembranças dali existem desde sempre. Cresci ali. Me lembro de, numa tarde de sol, brincar com duas canequinhas vermelhas à beira da piscina, deixar uma delas cair, esticar a mãozinha gorda para alcançar e pluft. Era tudo azul e o sol lá fora, a mãozinha esticada, o desespero e uma mão grande me puxando pra fora.

Ali aprendi a nadar. No calor, na chuva, de noite. De noite tinha medo dos sapos. E daquele buraco lá no fundo. Tinha certeza que se chegasse perto, um bichão saía dali pra me pegar.

Tinha os três pinheiros do lado da escada. Achava muito bonito aquilo. Uma vez me pendurei em um deles e caí no canteirinho de baixo. As vezes minha avó enfeitava aqueles pinheiros pro natal. Eu me pendurava no portãozinho e ia de um lado pro outro.

Gostava de ficar num vão que tinha entre os bambus e a magnólia. Era meu esconderijo. Uma vez resolvi subir naquela arvorezinha de frutos amarelos e flor lilás e me arranhei toda, porque ela tem uns galhos finos. Um dia caiu um coquinho na minha cabeça.

Uma vez tinha um menino que eu não sei de onde surgiu. Eu devia ter uns seis anos. Estava brincando com ele na escada. Era alguma coisa de quem conseguia pular mais degraus de uma vez. Eu estava me preparando pra pular e ele me empurrou. Cortei o calcanhar e saí correndo e chorando até a cozinha, onde sentei no colo da minha irmã e minha avó jogou açúcar no corte. Levei três pontos.

E depois de tudo, demorei pra voltar lá, o lugar onde eu cresci, cenário de ótimas lembranças. Era o lugar preferido dele. Achei que seria bem difícil, dolorido. Não foi. É onde eu tenho mais paz. E saudade. Parece que ele tá ali, sentado na cadeira de madeira, no cantinho, com os braços atrás da cabeça e a pança pra cima, olhando os passarinhos.

É, pai. Já fazem dois meses. E toda vez que eu penso em você, eu fico bem, consigo ter paz. Acho que você tá bem também.

Anúncios

Uma resposta »

  1. Má querida

    Lindo texto. Também peço como vc… chegar lá nesse lugar, não vai ser fácil pra mim. Mas penso que vou encontrá-lo lá sentado de pança para cima!!!! Que saudades que tenho dele!!!

    Beijos Clá!!!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: