Assinatura RSS

Das compras.

Publicado em

Eu gosto de olhar vitrines. Adoro ver roupas, sapatos e bolsas lindas, mas não saio fazendo compras e mais compras por aí porque né? Tá fácil não. Então compra, compra mesmo, eu faço assim de vez em quando, quando eu preciso ou quero muito alguma tendência da moda dessas bem dignas. A grande verdade é que eu não tenho paciência pra fazer compras. Os motivos?

Tem muita loja hoje em dia que coloca um som muito alto pra tocar. E eu nem preciso dizer que quase nunca a música é boa. E mesmo se fosse, eu tô ali pra fazer compras, se quisesse dançar ia na Girls on Top de amanhã (claaaro que eu vou!).

Aí tem as vendedoras. (Eu não curto vendedor homem. Eles são meio sem noção). Difícil encontrar uma decente, que entenda o que eu quero. Outro dia eu fui numa loja e perguntei se tinha camisa jeans feminina. A moça me mostrou uma camisete listrada de algodão. “Quero sem nenhum detalhe”. Desce uma calça com aquelas lavagens na coxa e uns cristais no bolso de trás. A saia tá colocando em evidência todas as celulites da bunda e eu ainda sou obrigada a ouvir um “o modelo é justinho mesmo!”

E eu admito que eu sou chata. Não gosto de muito brilho, nem de peças com mais de uma estampa e encrenco com coisas mínimas. As blusas costumam ficar justas no ombro, saias e calças marcam a bunda e a cor de sapato que eu quero nunca tem no meu tamanho. Sempre fico brava quando vou comprar roupa. Uma vez fui provar uns vestidos de malha, desses bem de verão. Todos tinham bojo. Mas meudeusdocéu. É foda essa mania de generalizar. Nem todas as mulheres do mundo estão insatisfeitas com o tamanho dos peitos.

Outro dia fui na Zara. Achei um vestido lindo com decote de coração nas costas. Só tinha até o M. Vi um outro modelo bonito com tamanho G. Fui provar. Aquilo só caberia em uma pessoa BEM mais magra do que eu. Uma pessoa que geralmente usa coisas tamanho M. O que me deixa bem puta é que quem fabrica roupa não entende que as pessoas não são todas iguais. E que o mundo não é feito de pessoas magrelas. E que nem todas as pessoas bundudas são altas.

Melissa. Adoro Melissa, mas nunca tem a cor que eu quero do modelo que eu quero e no meu tamanho. Triste.

Hoje eu fui comprar biquini. Finalmente tiveram a brilhante ideia de vender a parte de cima separada da de baixo. Aí a loja só deixa nos cabides as partes de cima, aí você prova as que dão certo e depois a vendedora vai pegando partes de baixo que combinem com a que você escolheu. Escolhi a parte de cima e a moça me aparece com umas partes de baixo finíssimas e supercavadas. Oi moça, olha bem pra mim. Essa coisinha vai desaparecer no meu corpo e isso vai enfiar na bunda a cada dois passos que eu der. Bom senso, minha gente. Nunca é demais.

Eu sei que comprar roupa/sapato/biquini é quase sempre uma saga. Se você sai de casa com o que quer comprar já bem definido na sua cabeça, provavelmente não vai ser fácil achar. Aí se você sai e encontra alguma coisa legal, assim, despretensiosamente, é claro que não vai ter do seu tamanho. Ou vai ficar meio justa. Ou grande. Ou então aquele modelo que você gosta só tem em cores e estampas horríveis e a cor ideal só tem em uns modelos feios.

Bom mesmo é mandar fazer roupa. Duro que ultimamente tá meio difícil me fazer entender.

É, o problema é comigo.

Anúncios

»

  1. relaxa, marina. também tenho muitos problemas pra comprar roupa. o maior deles é que as confecções esquecem que existem brasileiras com mais de 1.70…. triste!

    Responder
    • é Bia, realmente. nosso problema é contrário. você tem altura demais e bunda de menos pra encher as calças pra gente da sua altura e eu tenho bunda demais e altura de menos. tá tudo errado isso aí.

      Responder
  2. hahaha é, eu também sofro com isso.
    horrível!

    Responder
  3. O problema maior em comprar roupas aqui em Londrina é que tudo é igual. Não importa a loja, a marca, a estação, é dificil encontrar peças autenticas e singulares.
    Se está na moda, por exemplo, camiseta comprida lisa azul calcinha com um coração laranja no canto esquerdo, vc só encontra camiseta comprida lisa azul calcinha com um coração laranja no canto esquerdo para comprar. é um saco isso!
    Dai sai todo mundo uniformizado por aí.

    O lance mesmo é comprar em outras cidades ou mandar fazer a s roupas. Mesmo sendo dificil encontrar boas costureiras e aguentar a ansiedade de esperar as peças ficarem prontas…

    Beijos.

    Responder
  4. HAHAHAHAH
    O problema não é a bunda (ou a falta dela).
    É o comprimento mesmo, tudo no “meio” da canela. Coisa linda!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: