Assinatura RSS

A UEL e a Lei de Murphy

Publicado em

Lei de Murphy é um adágio popular da cultura ocidental que afirma: “Se alguma coisa pode dar errado, com certeza dará” (…)

É oriunda do resultado de um teste de tolerância à gravidade por seres humanos, feito pelo engenheiro aeroespacial norte-americano Edward A. Murphy.[1] Ele deveria apresentar os resultados do teste; contudo, os sensores que deveriam registrá-lo falharam exatamente na hora, porque o técnico havia instalado os sensores da forma errada.[1] Frustrado, Murphy disse “Se este cara tem algum modo de cometer um erro, ele o fará”.[1]

Da Wikipedia

As vezes eu acho que a Lei de Murphy é uma conspiração da qual todos participamos inconscientemente. Sabe quando você tem reunião com a chefe no começo da tarde mas resolve ir almoçar em casa e voltar pra firrma depois? Então. Se você for de ônibus, o cobrador vai estar conversando com alguém e vai demorar pra te atender, as moedas vão cair, o cara não vai ter troco, depois velhinhas simpáticas vão aparecer andando beeem devagar na sua frente e todo mundo vai agir em slow motion. Se você for de carro, o trânsito vai estar aqueeela merda. E todo mundo vai agir em slow motion. Então. Todo mundo contribui pra Lei de Murphy, que é uma conspiração.

Outra coisa que eu acho é que esse Murphy aí passou pela UEL. Certeza. Bom, primeiro é que a UEL é o limbo das telecomunições. Experimente precisar muito de alguma coisa e ligar pra alguém dentro da UEL. Fora de área. Ou sua operadora não vai permitir que a ligação seja feita. Ou a ligação vai estar chiada. Aí a pessoa te liga, seu celular não toca e as 11h32 você recebe uma mensagem da operadora dizendo que “Fulano te ligou às 11h37”. Pois é. Sempre perco essas ligações do futuro.

Você tá lá no terminal esperando o 305. 1). Ele vai demorar muito, porque segundos antes de você chegar, uns três tinham acabado de sair. 2). O 305 vai estar parado lá, você entra e ele sai super vazio. No meio da Higienópolis você descobre que é o via Madre Leônia, que vai até o Acre antes de ir pra UEL.

Todo mundo que estuda na UEL sabe que as festas mais legais nos bares da cidade rolam em dia de semana. Aí você vai pra festa, dança até morrer, volta pra casa as 3 da manhã sabendo que tem que acordar as 7 pra ir pra aula. Acorda a cara do Coringa, lava o rosto, pega a primeira roupa que aparecer no armário e vai. Porque né, você não leu aquele texto enoorme e se empenhou pra fazer aquele fichamento a toa. Chega lá e descobre que o professor acabou de ligar no departamento pra avisar que não vai dar aula.

Aí você acorda, vê que tá sol e fala: “Massa, hoje eu vou de shorts”. Podem acontecer duas coisas: 1). De repente começa a chover e você morre de frio. 2). Você vai levar cinco picadas daqueles insetos mais terríveis. Cinco em cada perna.

Você tira a sombrinha da bolsa, porque tá muito calor e aquilo tá ocupando muito espaço. Você veste uma camiseta branca, porque tá calor. Você coloca aquele seu all star velho e preferido, que tá descolando embaixo mas tudo bem. Chovem todos os oceanos do universo quando você tiver que ir do CECA até o RU. Aí chegando no RU você tem dois caminhos: a piscina de lama por causa de um cano que colocaram ali e não cobriram até hoje ou aquele mato que vai até quase o seu joelho. E tem o que de almoço? O cardápio que você mais detesta, claro.

Aí você vai embora. Bem naquele dia que do nada resolveu fazer frio e você não está vestida adequadamente: sapatilhas, blusa de malha clara e fina. Tá um puta vento, sua sombrinha vira do avesso e você passa por aquele momento ridículo pra fazer voltar. Aí você resolve esperar o ônibus no ponto do CECA, porque né? Chuva, vento e tudo dando tão errado que é capaz de um raio cair na sua cabeça no caminho até o ponto do CCH. Aí você fica ali no ponto do CECA. Todos os ônibus, menos no 305 vão passar por ali. Pra Ibiporã, pra Cambé, pro Shopping, pra puta que pariu. O 305 não. Aí você vê uns cinco ônibus passarem no ponto do CCH. Se você for pro ponto do CCH, o próximo ônibus vai passar no ponto do CECA antes.

Você que tá aí lendo esse post até agora pode contribuir com suas experiências. Senão na próxima quarta-feira seu professor vai segurar a galera na aula até 12h30, você vai almoçar depois das duas, a lasanha vai estar fria e você vai atrasar pro estágio!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: